organique blog

Saúde Nutrição

Diferença entre lactose e proteína do leite

Diferença entre lactose e proteína do leite
Juliana Lima 06 / maio / 2016

Hoje em dia estamos ouvindo cada vez mais as pessoas falarem que não podem consumir leite e derivados devido à lactose, mas será mesmo que é só a lactose? Muitos se confundem com intolerância à lactose e alergia à proteína do leite. Elas são duas coisas presentes no leite, mas diferentes significados.

O que é intolerância à lactose?

O que é intolerância à lactose?

Lactose é o açúcar presente no leite. Precisamos da enzima lactase para quebrar esse açúcar e aproximadamente 80% da população brasileira possui algum grau de intolerância à lactose. Conforme vamos envelhecendo, essa enzima para de ser produzida e consequentemente a lactose deixa de ser quebrada.

Quando isso ocorre, as bactérias fermentam essa lactose que não foi absorvida causando desconfortos gástricos e produzindo substâncias tóxicas para o nosso corpo. Esses sintomas variam de pessoa para pessoa, sendo mais leves ou mais intensos dependendo do grau de intolerância. Algumas pessoas já têm há anos e acham “normal” os desconfortos. No momento em que elas ficarem cerca de 3 dias sem consumir a lactose vão perceber a diferença e entender que aquele sintoma de flatulência e/ou diarreia não é normal.

O que é alergia à proteína do leite?

A caseína é a proteína do leite e pode agredir muito o organismo. O sistema imunológico age contra essa proteína, gerando uma alergia. Além do desconforto gástrico, existem outros sintomas como a alteração na concentração e na memória, grande produção de muco nos seios da face, ansiedade, entre outros. Diferente da intolerância à lactose, a alergia à proteína do leite é mais difícil de ser diagnosticada, podendo aparecer os sintomas após 3 dias do consumo, o que leva uma dificuldade de associação do alimento.

Os dois geram um quadro inflamatório e inflamação está associada com a obesidade. Além de poderem levar a um quadro de disbiose.

Como são os produtos sem lactose?

Como são os produtos sem lactose?Nos produtos alimentícios sem lactose, a proteína do leite não deixe de existir. Por isso, mesmo algumas pessoas que trocam os produtos tradicionais pelos sem lactose ainda podem permanecer com os sintomas. Além disso, na verdade, a lactose dos produtos sem lactose não é retirada, apenas é adicionada a lactase, enzima que quebra o açúcar. Esses produtos normalmente contêm mais sódio.

Uma alimentação bem balanceada consegue suprir todos os nutrientes sem os leite e seus derivados, inclusive o cálcio. Vou precisar ficar sem leite e derivados para o resto da vida? Isso vai depender de pessoa para pessoa, mas normalmente o problema está no excesso. Talvez precise ficar um tempo sem a lactose para poder regular seu organismo, mas algumas exceções não vão te fazer mal.

Não se esqueça de procurar um nutricionista funcional para adequar melhor a sua alimentação. Você faz uso de produtos sem lactose? Possui algum tipo de intolerância ou alergia? Compartilhe sua vivência conosco!

compartilhe

Juliana Lima

é nutricionista há seis anos e trabalha no Le Manjue há quase um ano. Ela é apaixonada pela gastronomia funcional e é uma das colaboradoras dos textos sobre saúde e nutrição no blog.

  • Eu acabei de descobrir que tenho alergia à proteína do leite e to perdida! Não posso comer queijo? E queijo de cabra? pode? kkk meu Deus nao vai dá pra viver sem queijo não…rs

le manjue no facebook




Quer saber mais sobre como ter uma vida mais saudável?

Cadastre-se para receber nossos artigos sobre o universo da gastronomia orgânica e funcional, com dicas e receitas deliciosas do Le Manjue.



Ebook grátis: Como diminuir os resíduos dos agrotóxicos na alimentação