organique blog

Receitas Saúde Nutrição

Férias gastronômicas: incentivo à alimentação saudável

Le Manjue 05 / fev / 2018

Segundo a ABESO, em 2025, o número de crianças com sobrepeso e obesidade pode chegar a 75 milhões, caso nada seja feito. Inúmeros estudos já evidenciam que os hábitos alimentares são definidos na infância, e as escolhas feitas nesta fase costumam permanecer até a vida adulta. Se o desejo dos profissionais da saúde é ter a chance de ver um mundo com pessoas mais saudáveis, a dica é a promoção da saúde a partir da construção de hábitos saudáveis na infância, pois, desse modo, poder-se-á mudar as estatísticas do futuro em 2025.

Equilíbrio de macro e micronutrientes

O equilíbrio nas preparações é fundamental porque garante todos os nutrientes necessários para o adequado crescimento e desenvolvimento infantil. Os micronutrientes promovem a energia principal do organismo, atuam na formação e manutenção dos músculos e os lipídios, no controle da temperatura corporal e proteção cerebral. Já as vitaminas, minerais e compostos antioxidantes atuam no organismo como um todo, promovendo a saúde óssea, cognitiva, movimentos, etc. Garanta o equilíbrio do prato por meio das cores, quanto mais colorido e mais grupos alimentares tiver, mais densidade nutritiva terá.

Hábitos e exceções. Como lidar?

Importante definir com a criança o que é habito e o quanto ele é importante, como tomar café da manhã, não substituir o almoço e jantar por lanches, chocolates, balas e chicletes, pois não são alimentos e, sim, guloseimas extras que não convêm seu consumo diário. Mas como falar de hábitos quando se vive em uma sociedade obesogênica, em que o “não tenho tempo” prevalece na maioria das vezes ou quando diversos eventos, como festas, dispersam o planejamento alimentar? Sim a exceções e elas também são importantes, pois é neste momento que a criança vai poder experimentar e ter contato com produtos que não fazem parte de sua rotina, mas, conhecendo com sua permissão (em quantidade e qualidade), poderá não desenvolver transtornos alimentares mais tarde por exemplo.

O mal que não se vê – incentivo à alimentação mais natural possível

O cuidado com os produtos industrializados deve ser alto, pois cada vez mais a indústria tem se preocupado com o tempo de prateleira, bem como produtos chamativos para crianças com cores e aromas diferentes. Todo esse diferencial é proveniente de aditivos químicos – saborizantes, conservantes e aromatizantes – compostos associados ao surgimento de alergias alimentares e sintomas como desconforto gastrointestinal, dores de cabeça e até mesmo diminuição da concentração.

A época das férias, principalmente, quando coincide com a dos pais e cuidadores, é um tempo precioso quando o profissional nutricionista pode incentivar a relação da criança com os alimentos mediante o preparo de receitas, por exemplo. O primeiro passo é escolher qual o prato que será preparado, seguindo pela lista de ingredientes e um passeio à feira orgânica e ao supermercado pode ser uma excelente ideia para as crianças maiores já irem aprendendo sobre escolhas de produtos hortifrutícolas e opções mais saudáveis. Por fim, vem a parte tão esperada: o preparo da receita! Aventure-se na cozinha sem se preocupar com a bagunça e aproveite cada momento, dessa forma, o pequeno terá uma ótima experiência com a comida e as preparações saudáveis!

O chef Renato Caleffi, sócio-proprietário do Le Manjue, é autor dos livros infantis da Série Achaz – “Achaz e o sítio da banana-verde” e “Achaz e o mistério dos sorvetes”, onde, de maneira lúdica, incentiva a alimentação funcional e saudável as crianças.  Confira a receita inédita do livro “Achaz e o mistério do sorvete” para incentivar os pais e/ou cuidadores e crianças a irem para a cozinha brincar, aprender, deliciar-se e refrescar-se, no final, com esta preparação natural e cheia de ingredientes funcionais.


Sorvete do Flokus

Ingredientes

½ fava de baunilha fresca

4 unidades de potinho de iogurte de banana com maçã e mel sem lactose de 180g

4 unidades de banana madura sem casca

3 colheres (sopa) de mel

Canela em pó

Modo de preparo: descasque as bananas e congele-as em saquinhos plásticos ou potinhos. Abra os iogurtes e faça o mesmo. Depois de congelados, bata, no liquidificador, os iogurtes, bananas e mel e com o auxílio da espátula coloque em um pote para ir ao freezer. Antes de servir, salpique canela em pó.

Lembre-se: quanto mais saudável a criança é, mais pode brincar e ganhar energia para fazer milhares de coisas geniais nas férias.

O restaurante Le Manjue Organique oferece, em seu cardápio, diversas preparações orgânicas e saborosas para você e toda a família. Visite-nos e traga o pequeno para conhecer nossa gastronomia!

compartilhe

le manjue no facebook




Quer saber mais sobre como ter uma vida mais saudável?

Cadastre-se para receber nossos artigos sobre o universo da gastronomia orgânica e funcional, com dicas e receitas deliciosas do Le Manjue.



Ebook grátis: Como diminuir os resíduos dos agrotóxicos na alimentação